José Alencar recebe alta após obstrução intestinal

São Paulo, 6 jul (EFE).- O vice-presidente José Alencar recebeu hoje alta do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde tinha sido internado no fim de semana passado por causa de uma obstrução intestinal relacionada ao câncer abdominal contra o qual luta há 12 anos.

EFE |

"Estou voltando (a Brasília) para cuidar do meu trabalho", disse Alencar, de 77 anos, a jornalistas na saída do hospital, onde foi internado em caráter de emergência no sábado passado.

Alencar é o chefe de Estado em funções nestes dias, porque o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está em viagem pela Europa.

O vice-presidente disse que os médicos o informaram que teve uma obstrução parcial do intestino "que foi examinada, verificada e acompanhada rigorosamente. Houve um problema em minha alimentação que agravou (a situação), mas isso já foi superado".

Em tom de piada, acrescentou que tem que comer "alguma coisa" nos atos públicos aos quais é convidado com frequência, porque, caso contrário, os anfitriões vão se incomodar e "perde a eleição".

Alencar anunciou que uma tomografia de "revisão" realizada neste fim de semana mostrou uma "boa reação" ao tratamento médico sobre o câncer no abdômen, o que descartaria a necessidade de uma nova cirurgia.

"Para quem já passou por 13 cirurgias, uma a mais não deve causar medo, seria só a número 14", disse.

Alencar luta contra o câncer desde 1997 e, em janeiro passado, foi submetido a uma prolongada cirurgia no mesmo hospital de São Paulo para a retirada de 18 pequenos tumores.

Em 22 de junho, o vice-presidente foi submetido a uma segunda etapa do tratamento contra os tumores em Houston (EUA), onde os médicos fazem testes com um remédio que ataca as células cancerígenas sem necessidade de quimioterapia. EFE wgm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG