Jornalistas que cobriam acidente de helicóptero morrem no Japão

Repórteres trabalhavam na rede de televisão japonesa Nippon Televisão Network e desapareceram na subida da montanha Chichibu

EFE |

Tóquio, 1 ago (EFE).- Dois repórteres da rede de televisão japonesa Nippon Televisão Network morreram hoje em uma montanha de Saitama (leste de Tóquio), que tinham ascendido para cobrir um recente acidente de helicóptero, informou a agência local "Kyodo".

A rede tinha informado na última hora do sábado à Polícia do desaparecimento do jornalista Yuji Kita, de 30 anos, e do cinegrafista Jun Kawakami, de 43, depois que começaram a subida a uma montanha de Chichibu onde há uma semana um helicóptero sofreu um acidente que causou cinco mortos.

Os dois repórteres foram encontrados hoje inconscientes em uma garganta a cerca de 300 metros de uma trilha em uma montanha da área de Chichibu. Embora tenham sido foram levados a um hospital próximo, pouco após sua entrada suas mortes foram comunicadas.

Há uma semana, cinco membros das equipes de resgate morreram ao cair o helicóptero no qual viajavam nessa montanha, por razões que se desconhecem, quando foram à busca de uma turista que tinha ficado presa no local.

* Com EFE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG