Beirute, 8 out (EFE) - Dois jornalistas americanos que trabalham para um jornal jordaniano estão desaparecidos há vários dias, confirmaram hoje à Agência Efe fontes dos serviços de segurança. Os jornalistas são Taylor Luke e Hollie Camella, segundo a identidade fornecida ao jornal libanês Al-Akhbar, próximo ao grupo radical islâmico Hisbolá. As fontes disseram à Agência Efe que, desde que saíram de seu hotel em Beirute, no dia 30 de setembro, desapareceram, e que eles não atendem às ligações telefônicas feitas aos seus celulares. Os dois jornalistas teriam que ter viajado à Jordânia, mas não foram. O caso está sendo investigando.

EFE ks/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.