Jornalista que atirou sapatos em Bush será julgado este mês

Bagdá, 8 fev (EFE).- O jornalista iraquiano Muntadar al-Zaidi, que atirou seus sapatos no ex-presidente dos Estados Unidos George W.

EFE |

Bush, será julgado a partir do dia 19 de fevereiro.

A data do julgamento foi informada hoje na capital do Iraque em comunicado do porta-voz do Conselho Superior da Judicatura, o juiz Abdel Sattar al-Bayrakdar.

Zaidi, preso desde 14 de dezembro, dia em que ocorreu o incidente, é acusado de "atacar um chefe de Estado estrangeiro", disse Bayrakdar.

O jornalista da emissora de TV iraquiana "Al-Bagdadia", com sede no Cairo, atirou seus dois sapatos em Bush durante uma entrevista coletiva conjunta do então presidente americano e o primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki.

"Este é o beijo de despedida, cachorro", gritou Zaidi para Bush, que conseguiu se esquivar dos sapatos.

Segundo o código penal iraquiano, se for condenado o jornalista poderá ficar até sete anos na prisão. EFE sy/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG