Um jornalista iraquiano atirou seus sapatos contra o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante entrevista coletiva, neste domingo, em Bagdá.

Bush, que falava ao microfone ao lado do primeiro-ministro iraquiano Nouri Al-Maliki, se abaixou rapidamente e não chegou a ser atingido.

O jornalista ainda disse: "Esse é o seu beijo de despedida do povo iraquiano, seu cachorro". Em seguida, foi imobilizado por seguranças e retirado da sala.

Após a confusão, o próprio Bush pediu calma aos jornalistas restantes e disse ter notado que os sapatos eram de tamanho 42.

Segundo um correspondente da BBC em Bagdá, o agressor já foi seqüestrado por um grupo rebelde, após a invasão liderada pelos Estados Unidos, em 2003.

As solas dos sapatos são consideradas uma ofensa grave na cultura árabe. Em várias ocasiões, iraquianos atiraram sapatos na estátua de Saddam Hussein, em Bagdá, após a queda do regime.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.