Jornalista esportivo sul-africano sequestrado na Nigéria é libertado

Lagos, 9 mar (EFE).- O jornalista esportivo sul-africano Nick Greyling, sequestrado segunda-feira passada com outros dois funcionários da rede de televisão SuperSport, foi libertado ileso no sudeste da Nigéria.

EFE |

Segundo declarações da própria rede de televisão à Agência Efe, Greyling deixou o cativeiro ontem à noite e está em Lagos, à espera de um voo para seu país. Até o momento, não se sabe se foi pago um resgate pela libertação.

Um dos outros dois sequestrados conseguiu fugir, enquanto o segundo acabou resgatado pela Polícia.

Apesar de a libertação de Greyling ter sido confirmada também pelo Governo da África do Sul através de seu embaixador em Abuja, Kingsley Mamabolo, a Polícia do estado de Imo, onde aconteceu o crime, não disse nada.

Os três foram sequestrados na segunda-feira, a caminho do aeroporto de Owerri, após cobrir um jogo de futebol na região.

Um quarto membro da equipe da "SuperSport", de nacionalidade nigeriana, foi ferido à bala e teve de ser internado num hospital local. EFE.

da/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG