Jornalista é morto a tiros na província iraquiana de Basra

Bagdá, 25 abr (EFE).- Um jornalista iraquiano morreu hoje a tiros na província de Basra, no sul do Iraque, informou a televisão estatal iraquiana.

EFE |

Fontes policiais citadas pelo canal disseram que o jornalista, identificado como Yassin al-Batat morreu devido aos tiros de um grupo de homens armados na localidade de Al-Qurnah, 490 quilômetros ao sul de Bagdá.

O jornalista trabalhava para uma rádio local, que pertence ao grupo do clérigo xiita Moqtada al-Sadr.

O canal não deu informações sobre as possíveis razões do assassinato, que coincide com um aumento da tensão entre os seguidores de Moqtada al-Sadr e os Exércitos iraquiano e americano, que protagonizam um conflito armado desde 25 de março. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG