O jornalista esportivo Raúl Arce, um experiente comentarista do jornal Juventude Rebelde, desertou da delegação cubana que disputou o Clássico Mundial de Beisebol em San Diego, informa o jornal El Nuevo Herald em sua edição digital.

A publicação com sede em Miami afirma que a deserção foi confirmada pelo próprio ex-presidente Fidel Castro, em uma de suas reflexões publicada no site oficial Cubadebate, na qual chama Arce de "simulador e repugnante".

Uma fonte do Instituto Nacional de Desportes cubano confirmou ao El Nuevo Herald que Arce não subiu no avião que transportou de volta para Havana a seleção de Cuba, eliminada do II Clássico Mundial de Beisebol.

A especulação é de que o jornalista teria viajado para Miami para encontrar familiares.

Arce, com mais de 20 anos de experiência e um comentarista conhecido pela torcida cubana, cobria com frequência a participação da seleção de beisebol do país em eventos internacionais.

psl/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.