Jornalista britânico preso em Gaza é libertado por tribunal do Hamas

O jornalista britânico Paul Martin, preso pelo Hamas em fevereiro na Faixa de Gaza por suspeita de colaborar com Israel, foi libertado nesta quinta-feira.

iG São Paulo |

A prisão de Martin aconteceu em 14 de fevereiro, quando ele estava em Gaza para prestar testemunho em um tribunal. Ele era acusado de espionar para os israelenses durante a ofensiva militar realizada na região entre dezembro de 2008 e janeiro de 2009.

Após ser libertado, foi entregue a uma delegação do consulado britânico e levado em um veículo diplomático até a passagem de Erez, entre a Faixa de Gaza e Israel.

Um líder do Hamas, Mahmud al-Zahar, declarou depois que Paul Martin "não é bem-vindo nos territórios palestinos".


Paul Martin (esquerda) acena após ser libertado em Gaza / AP

O jornalista, que se dedica a filmar documentários, usou em sua defesa imagens que provavam que ele combateu israelenses, e não colaborou com eles, como sustentava a promotoria.

Paul Martin foi o primeiro cidadão estrangeiro detido na Faixa de Gaza desde a tomada de controle do território pelo Hamas, em junho de 2007, segundo as organizações de defesa dos Direitos Humanos da região.

* Com EFE e AFP

Leia mais sobre Hamas

    Leia tudo sobre: hamas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG