Um jornalista britânico foi detido nesta quarta-feira junto com ativistas pró-Tibete que tentavam protestar perto do estádio Olímpico de Pequim. Ele foi solto na seqüência, mas os oito manifestantes estão presos.

Um grupo de ativistas da organização Estudantes por Um Tibete Livre tentava exibir uma bandeira do Tibete no Parque de Cultura Étnica da China, próximo ao estádio Ninho de Pássaro.

O jornalista britânico John Ray, da ITV News, estava no local e foi preso pela polícia. Ele alega que estava cobrindo o protesto para sua emissora.

Os ativistas foram presos poucos segundos depois de começarem o protesto.

Leia mais sobre Pequim 2008

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.