Jornal japonês publica foto do possível herdeiro norte-coreano Kim Jong-un

Tóquio, 15 jun (EFE).- A imprensa japonesa mostrou hoje uma fotografia de Kim Jong-un, 26 anos, o que os serviços secretos acham que será o sucessor à frente do regime norte-coreano e do qual só se tinha até agora uma foto de sua infância.

EFE |

A instantânea foi tirada em junho de 1999, por isso que acredita-se que teria 16 anos, quando era aluno de uma escola pública em Berna, na Suíça, e nela aparece com outros companheiros de classe.

O filho do líder norte-coreano, Kim Jong-il, 67 anos, que segundo os serviços secretos sul-coreanos foi nomeado sucessor à frente do regime comunista, aparece sorridente, veste uma camiseta preta e usa um cordão dourado.

O diário japonês "Mainichi Shimbun" destacou que Kim Jong-un estudou em uma escola pública suíça, ao contrário de seus outros dois irmãos, do verão de 1998 até janeiro de 2001.

Com base nas informações obtidas de seus companheiros de estudo, o jornal japonês pôde reconstruir um perfil do filho menor de Kim Jong-il, nascido de seu terceiro casamento.

Um de seus companheiros de colégio de sua mesma idade disse ao jornal que o norte-coreano vivia perto do centro de estudos e tinha uma vida normal, sem guarda-costas a seu redor, e era uma pessoa "franca".

Os especialistas acham que a escolha de Berna como lugar de estudo para a discreta família do líder norte-coreano se deveu a que é uma cidade tranquila e ali fica a missão diplomática da Coreia do Norte na Suíça.

Seus professores o definiam como um menino reservado e estudioso que se fazia chamar de "Paek Un".

Kim Jong-un, de quem se sabe muito pouco, fala inglês, alemão e francês, segundo aqueles que o conheceram em sua temporada na Suíça.

Segundo a agência sul-coreana "Yonhap", quando o jovem deixou a Suíça foi para Pyongyang onde foi educado na universidade militar Kim Il-sung, onde se graduou em 2007.

As especulações sobre o estado de saúde de Kim Jong-il, que sofreu um derrame cerebral em agosto do ano passado segundo meios de imprensa sul-coreanos, acelerou as apostas sobre quem tomará as rédeas da Coreia do Norte.

Há duas semanas os serviços secretos sul-coreanos confirmaram que receberam informações confiáveis de que Kim Jong-il escolheu seu filho mais novo como sucessor e próximo líder da Coreia do Norte.

Leia mais sobre: Coreia do Norte

    Leia tudo sobre: coréia do nortecoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG