Jornal israelense diz que UE quer Jerusalém Oriental como capital palestina

O jornal israelense Haaretz afirmou, nesta terça-feira, que conseguiu um rascunho de um documento da União Europeia que sugere que os ministros do Exterior do bloco devem pedir na próxima semana que Jerusalém Oriental seja reconhecida como a capital do futuro Estado palestino. De acordo com o jornal, o texto teria sido elaborado pela Suécia, que ocupa a Presidência rotativa do bloco.

BBC Brasil |


O "Haaretz" também afirma que o documento expressa a preocupação do bloco com o impasse no processo de paz no Oriente Médio. De acordo com o jornal, Israel está iniciando uma campanha diplomática para impedir que os europeus façam o pedido oficialmente.

Dominic Hughes, correspondente da BBC em Bruxelas, afirmou, no entanto, que esta proposta foi colocada para discussão pelos ministros da União Europeia, mas ainda há um longo caminho antes que ela seja transformada em política oficial do bloco.

Ponto principal

A divisão de Jerusalém, onde vivem 450 mil judeus e 230 mil palestinos, é um dos pontos cruciais do conflito entre Israel e palestinos.

Israel afirma que Jerusalém é sua capital "eterna e indivisível". Os palestinos, por outro lado, afirmam que a região oriental da cidade - onde vive a maioria árabe - deve ser a capital de seu futuro Estado independente.

Os analistas afirmam que, se de fato a proposta for confirmada, a declaração seria o primeiro apoio tácito da União Europeia à solução que prevê a divisão de Jerusalém em duas capitais.

Na semana passada, o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, solicitou a seu gabinete de segurança a aprovação de uma resolução que determina o congelamento por dez meses de novas construções em assentamentos judaicos na Cisjordânia. A decisão, no entanto, exclui Jerusalém Oriental.

De acordo com a correspondente da BBC em Jerusalém Katya Adler, muitos interpretaram esta proposta de Netanyahu como uma medida que visa apenas tentar "acalmar" os Estados Unidos.

Leia mais sobre Estado palestino

    Leia tudo sobre: estado palestinojerusalém

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG