Jerusalém, 12 ago (EFE) - O jornal Yedioth Ahronoth, o de maior tiragem em Israel, confirmou hoje que o enviado especial à Geórgia da publicação, Tzadok Yehezkeli, é um dos feridos do bombardeio na cidade de Gori no qual morreu o cinegrafista holandês Stan Storimans.

Yehezkeli, de 52 anos, ficou gravemente ferido no bombardeio em Gori e foi operado em um hospital de Tbilisi ao qual foi levado o jornalista holandês da "RTL Nieuws" Jeroen Akkermans, também ferido no ataque.

Segundo o site do jornal, que atribui o fato a um bombardeio aéreo russo, Yehezkeli foi ferido no peito e sua situação é estável.

EFE elb/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.