Jornal diz provar que Israel tem arma nuclear

Documentos obtidos pelo "The Guardian" revelam que israelenses tentaram negociar arsenal atômico com a África do Sul

iG São Paulo |

Reportagem do jornal britânico "The Guardian", publicado em seu site neste domingo, mostrou supostos documentos do serviço secreto sul-africano que revelam que Israel tentou negociar armas nucleares com o regime do apartheid. Seria a primeira prova de que o Estado judeu possui arsenais atômicos, informação que autoridades israelenses sempre negaram.

Os documentos seriam minutas de reuniões entre integrantes do alto escalão dos dois países, realizadas em 1975. O ministro da Defesa sul-africano, PW Botha, teria pedido ogivas a Shimon Peres, então ministro da defesa israelense e atual presidente, que respondeu oferecendo-as em “três tamanhos”.

Os dois líderes também teriam assinado um documento de parceria militar entre os países com cláusula para que fosse mantido em caráter secreto.

Segundo a reportagem, os papéis mostram ainda que o regime da África do Sul estaria interessado no armamento para um possível ataque a nações vizinhas.

Os documentos foram descobertos pelo acadêmico norte-americano Sasha Polakow-Suransky, que desenvolveu uma pesquisa sobre a estreita relação entre os dois países

    Leia tudo sobre: israeláfrica do sularmas nucleares

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG