Jornal descobre tataravô alemão de Barack Obama na Alsácia

BERLIM - O jornal alemão Die Zeit revela em sua edição de amanhã que o candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Barack Obama, tem antepassados alemães, e se refere concretamente a Christian Gutknecht, tataravó do senador americano que em 1749 saiu da Alsácia, na época território alemão.

EFE |

Segundo o "Die Zeit", Christian Gutknecht partiu da localidade de Bischweiler, então na Alsácia, que hoje é França, rumo à América, onde mudou seu sobrenome por Goodnight e viveu como camponês na Pensilvânia até morrer, em 1795.

Christian Gutknecht e Barack Obama estariam separados por seis gerações, que passaram pelos estados da Virgínia, Indiana e Kansas, este último local de nascimento da mãe do candidato, Ann Dunham.

Gutknecht não seria o único ponto de união com a Alemanha, já que, aparentemente, outros ramos da árvore genealógica de Obama têm origem alemã, concretamente em Heilbronn, localidade ao norte de Baden-Württemberg.

Segundo os estudos do especialista em genealogia americano William Addams Reitwiesner, entre as raízes conhecidas de Barack Obama, a porcentagem de antepassados alemães é de 4,68%, atrás dos ingleses (37,3%) e da tribo queniana dos Luo (50%).

Leia mais sobre Barack Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG