Amã, 20 jul (EFE).- Jordânia e Rússia exigiram hoje a cessação completa dos assentamentos judaicos nos territórios ocupados, antes do início das negociações entre israelenses e palestinos.

Um comunicado oficial jordaniano informou que o ministro da Informação Nasser Judeh e o vice-chanceler russo, Alexander Sultanov, fizeram essa chamada durante a reunião que tiveram hoje em Amã.

Em nota, ambos reiteraram "a necessidade de aproveitar a oportunidade disponível agora para conseguir a paz e abrir caminho para o lançamento de negociações frutíferas através da cessação completa da política de assentamentos e outras medidas unilaterais de Israel", .

Judeh destacou também a importância da Rússia e sua influência internacional para impulsionar os esforços para o estabelecimento de uma paz justa e global.

Já Sultanov explicou que sua viagem atual pelo Oriente Médio, que já o levou a Síria e Líbano, tem o objetivo de apoiar as gestões internacionais para trazer a paz na região e encorajar negociações sérias com vistas a aplicar a solução de dois Estados, um palestino e outro israelense.

Após visitar Jordânia, o emissário russo viajará a Israel e aos territórios palestinos. EFE ajm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.