Jordânia e Iraque juntam forças para combater gripe suína

Amã, 29 abr (EFE).- O ministro da Saúde da Jordânia, Nayef Al-Fayes, e seu colega iraquiano, Saleh al-Hasnawi, discutiram na quarta-feira como coordenar as medidas adotadas pelos respectivos Governos para enfrentar o possível surgimento de gripe suína nos países.

EFE |

"Os dois ministros ressaltaram a importância de trocar informação ao mais alto nível sobre o desenvolvimento dos últimos eventos relacionados à doença", indica um comunicado oficial emitido em Amã.

O comunicado acrescenta que Fayes informou ao ministro iraquiano sobre as medidas adotadas pelo Governo jordaniano e expressou a disposição de cooperar com o Iraque e para colocar à disposição das autoridades de Bagdá a capacidade médica de Amã.

O ministro iraquiano apoiou o apelo da Jordânia para que os escritórios no Mediterrâneo da Organização Mundial da Saúde (OMS) façam uma reunião de emergência para discutir tudo o que tiver relação com a gripe suína, ressalta o mesmo comunicado oficial.

O ministério da Saúde jordaniano também estabeleceu um centro de operações para seguir o desenvolvimento dos eventos relacionados com a gripe suína. EFE ajm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG