Jordânia adia novo período parlamentar por possível mudança de Governo

Amã, 16 set (EFE).- O rei Abdullah II da Jordânia adiou hoje o começo do novo período parlamentar de 1º de outubro a 1º de dezembro, segundo um comunicado da Casa Real, em meio a informações divulgadas sobre uma possível mudança de Governo.

EFE |

Embora a Casa Real não tenha informado o motivo deste atraso, alguns meios de comunicação jordanianos insinuaram que o monarca talvez faça uma reforma ou uma mudança no Governo, presidido pelo primeiro-ministro Nader Dahabi.

A imprensa culpa o Gabinete de não ser capaz de resolver os principais problemas do país, como a pobreza e o aumento dos preços dos alimentos.

Segundo vários economistas jordanianos, o Governo tenta também de forma infrutífera encontrar soluções para problemas econômicos, como a dívida sem precedentes à qual chegou o país por causa da crise financeira internacional.

Na semana passada, responsáveis do Executivo discutiram com o Banco Mundial a assinatura de um acordo pelo qual esta entidade internacional oferecerá à Jordânia US$ 300 milhões para aliviar sua dívida, que deve alcançar US$ 1,5 bilhão no ano fiscal de 2009. EFE ajm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG