John Malkovich pede US$ 2,3 milhões por fraude de Madoff

Nova York, 6 abr (EFE).- O ator John Malkovich quer de volta os US$ 2,3 milhões que diz que possuía na companhia de Bernard Madoff, que cumpre pena de 150 anos de prisão por criar e manter durante duas décadas uma das maiores fraudes financeiras da história.

EFE |

Numa ação apresentada hoje no Tribunal Federal de Falências de Manhattan, os advogados de Malkovich asseguram que o valor dos investimentos chega a US$ 2,3 milhões, segundo o último balanço da própria empresa de Madoff.

No entanto, o advogado Irving Picard, encarregado de conduzir a liquidação dos ativos de Madoff, aprovou em agosto apenas US$ 670 mil para o ator, mesma quantia que depositara inicialmente.

Da mesma forma que Malkovich, outras vítimas de Madoff estão reivindicando às autoridades o reembolso do total que possuíam quando o financeiro foi detido, e não só o investimento inicial. EFE mgl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG