Johanesburgo alia estrutura de cidade grande com áreas verdes

Johanesburgo, 13 ago (EFE).- Apesar da atividade frenética que caracteriza Johanesburgo, a capital administrativa da África do Sul, a terceira metrópole da África é conhecida como o pulmão do continente pela abundante vegetação que a define e pelos mais de 2.

EFE |

300 parques distribuídos por toda a cidade.

Por sua história e pelas distintas raças que formam a África do Sul, Johanesburgo se transformou em uma cidade com muitas particularidades, cuja evolução esteve centrada, sobretudo, no desenvolvimento de infraestruturas para os veículos e não para os pedestres.

Os espaços verdes da cidade são os únicos lugares nos quais os cidadãos podem desfrutar de um agradável passeio e, por isso, são bastante populares entre os habitantes de Johanesburgo.

Situada 1753 metros acima do nível do mar no planalto de Highveld, ao leste da África do Sul, em Johanesburgo, junto com a Cidade do Cabo, norte, é onde acontece a maioria das atividades culturais do país, que ocorrem, em grande parte, em seus espaços naturais.

Um dos recintos que maior número de apresentações, festas e exposições abriga é o popular parque de Zoo Lake, ao qual vão muitos habitantes da cidade, especialmente aos domingos, para aproveitar o clima agradável do qual se desfruta em Johanesburgo durante 9 meses do ano.

Zoo Lake, a poucos quilômetros dos dois distritos financeiros com os quais conta Johanesburgo, está situado ao lado do Zoo da cidade e conta com um grande lago e vários hectares de zonas verdes. EFE hc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG