Jogador peruano é denunciado por uso de documentos falsos

Lima, 22 out (EFE).- O goleiro peruano Juan Flores, do Atlético Minero de seu país, foi denunciado pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos, informou hoje o Ministério Público.

EFE |

Além do goleiro, foi denunciada Jessica Viviana Sandón. Os dois são acusados de terem se apresentado, em 2006, como pais de uma menina, somente para conseguir um passaporte e visto de turista para entrar nos Estados Unidos.

A Procuradoria da capital peruana "concluiu que Juan Flores e Jessica Sandón apresentaram documentação falsa".

No entanto, o Ministério Público arquivou a investigação contra Flores por tráfico ilícito de emigrantes.

O órgão alegou que "não existem elementos suficientes" para comprovar que Flores teria recebido dinheiro para reconhecer a criança como sua filha. EFE dub/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG