Jogador com uma perna só compete em torneio tradicional de golfe

O golfe é considerado um dos esportes mais difíceis de se dominar. Ainda mais se o jogador tem apenas uma perna, como é o caso do dominicano Manuel de los Santos, de 25 anos.

BBC Brasil |

Sete anos após ter perdido a perna esquerda em um acidente de moto e ter interrompido uma carreira promissora no beisebol, Manuel conseguiu não somente jogar golfe em alto nível como está competindo no tradicional torneio de St. Andrews, na Escócia.

"Quando eu jogo golfe, nem penso que tenho uma perna só, não penso sobre o equilíbrio, só bato na bola, como qualquer um", disse ele à BBC.

Questionado se o golfe melhorou sua vida, ele responde rápido: "Melhorou 100%. Ou melhor, melhorou 200%".

"O golfe mudou minha vida, trouxe minha vida de volta. O golfe é tudo para mim."
No torneio de St. Andrews, Manuel terá a oportunidade de jogar contra algumas das maiores estrelas do esporte. E impressiona outros jogadores.

"É maravilhoso vê-lo, vindo de um dos países mais pobres do mundo e chegando a St. Andrews, com apenas uma perna e jogar em um torneio tão importante", diz o jogador irlandês Paul McGinley.

"É uma história pronta para ser transformada em filme", afirma.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG