Jobs admite problema de saúde, mas segue na Apple

O fundador e diretor-executivo da fabricante de computadores americana Apple, Steve Jobs, admitiu nesta segunda-feira que está se submetendo a um tratamento por desequilíbrio hormonal. Em nota, Jobs admitiu que tem problemas de saúde há vários meses e disse que vai permanecer à frente da empresa.

BBC Brasil |

"Eu perdi muito peso durante 2008", disse. "Os médicos acham que descobriram a causa: um desequilíbrio hormonal que está me 'roubando' proteínas que o meu corpo necessita para permanecer saudável."

O conselho de diretores da Apple também divulgou um comunicado em que afirma que Jobs merece "total apoio" durante sua recuperação.


Steve Jobs, em foto de setembro de 2008, aparece mais magro em evento da Apple / Getty Images

Rumores

Os rumores sobre o estado de saúde de Jobs se intensificaram no mês passado, quando o executivo anunciou que não faria sua tradicional participação no Macworld, a conferência anual em que a Apple apresenta seus novos produtos e que ocorre nesta semana em San Francisco, na Califórnia.

Jobs, que teve câncer no pâncreas em 2004, vinha também aparecendo cada vez mais magro.

O executivo disse que decidiu divulgar "algo tão pessoal" para acabar com os rumores, "para que todos possamos relaxar e aproveitar o evento de amanhã".

Segundo Jobs, seus médicos estimam que a recuperação leve alguns meses.

Os rumores sobre sua saúde também provocaram insegurança sobre a situação da empresa.

"Dei mais do que tudo de mim à Apple nos últimos 11 anos. Eu serei o primeiro a tomar a iniciativa e dizer à Diretoria se não puder mais continuar a cumprir meus deveres como CEO (chief executive officer) da Apple", disse Jobs.

Em seu comunicado, a diretoria da Apple afirmou que, "se chegar o dia em que Steve queira se aposentar, ou por outros motivos não possa continuar a cumprir suas obrigações como CEO da Apple, vocês irão saber".

Jobs foi um dos fundadores da Apple, em 1976. Ele deixou a empresa em 1985, mas retornou em 1997. Em 2000, reassumiu o cargo de CEO.

Leia mais sobre Steve Jobs

    Leia tudo sobre: steve jobs

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG