a tiros no Brasil - Mundo - iG" /

Jobim reitera que Farc serão recebidas a tiros no Brasil

Brasília, 11 mar (EFE).- O ministro da Defesa, Nelson Jobim, afirmou hoje após uma reunião com seu colega da Colômbia, Juan Manuel Santos, que o Brasil receberá a tiros os guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) caso tentem atravessar a fronteira.

EFE |

"Repito o que já disse a Bogotá: as Farc serão recebidas à bala se entrarem em território brasileiro", disse Jobim após se reunir com Santos e com o ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger.

Jobim assegurou que o Brasil tem um grande controle sobre sua fronteira terrestre com a Colômbia para reprimir tanto o tráfico de drogas como um possível deslocamento de integrantes das Farc.

Ele acrescentou que "esse forte controle terrestre será ampliado aos espaços aéreo e fluvial".

O ministro colombiano, por sua vez, acusou as Farc de se aproveitarem das fronteiras do país, principalmente com Equador e Venezuela, para buscar abrigo em outras nações.

Sobre sua visita ao Brasil, Santos disse que tem como objetivo "estreitar laços com um aliado estratégico".

Após elogiar a capacidade dos aviões militares que a Colômbia comprou da Embraer, alguns dos quais foram usados diretamente em operações contra a guerrilha, Santos admitiu que o país tem interesse em aumentar as encomendas.

Amanhã, o ministro colombiano deve viajar a São José dos Campos (SP) para visitar as unidades de produção da Embraer.

Santos também se referiu à reunião desta semana dos ministros da Defesa de todos os países da região no Chile para constituir o Conselho de Defesa Sul-americano, e disse que foi um encontro muito positivo e o primeiro passo em um esforço conjunto para garantir a segurança regional.

"O Conselho encontrou denominadores comuns para construir confiança. A Colômbia tem interesse em que a região trabalhe de forma mancomunada", disse o ministro. EFE ed/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG