Jimmy Carter entrega ao Hamas carta do pai do soldado Shalit

O ex-presidente americano Jimmy Carter anunciou nesta terça-feira que entregou ao Hamas uma carta do pai do soldado israelense Gilad Shalit, sequestrado por um comando palestino em 2006 perto da Faixa de Gaza.

AFP |

"Conheci Noam Shalit, e ele me pediu para entregar uma carta ao Hamas. Foi o que fiz", declarou Carter durante uma entrevista coletiva em Tel Aviv, concedida após uma viagem à Síria e aos territórios palestinos.

O ex-dirigente se disse convencido de que Shalit "está vivo, e com boa saúde".

Jimmy Carter se encontrou com Noam Shalit sexta-feira em Jerusalém. No dia anterior, o ex-presidente dos Estados Unidos se reuniu com líderes do Hamas no exílio em Damasco.

Gilad Shalit, 22 anos, que também tem a nacionalidade francesa, foi capturado em 25 de junho de 2006 durante uma operação palestina em território israelense, perto da fronteira com a Faixa de Gaza.

O ataque foi reivindicado por três grupos armados, entre os quais as Brigadas Ezzedin al-Qassam, o braço armado do Hamas, que comanda a Faixa de Gaza desde junho de 2007.

bur/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG