Jimmy Carter elogia ausência de violência em eleições no Sudão

Cartum, 17 abr (EFE).- O ex-presidente americano Jimmy Carter elogiou hoje a ausência de violência nas eleições realizadas no Sudão nesta semana, mas disse que elas foram marcadas por erros e que não se ajustaram aos padrões internacionais.

EFE |

Em entrevista coletiva realizada em Cartum, Carter destacou o desenvolvimento pacífico do pleito, o primeiro pluripartidário em 24 anos no país, em contraste com outros processos democráticos no continente que terminaram violentamente.

A fundação Jimmy Carter foi um dos agentes convidados ao Sudão para exercer a função de observador do processo eleitoral no país.

No entanto, o ex-presidente americano afirmou que as eleições, realizadas entre 11 e 15 de abril, não se ajustaram aos padrões internacionais e criticou "os erros técnicos e logísticos do pleito".

"É claro que as eleições não se ajustaram aos padrões internacionais e às condições estipuladas para sua realização em vários aspectos", declarou.

Carter acrescentou que "o êxito destas eleições dependerá dos dirigentes sudaneses, que devem trabalhar para fortalecer a transição democrática". EFE az/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG