As críticas feitas de forma violenta nos últimos dias por vários americanos contra o presidente Barack Obama são fruto de racismo, afirmou o ex-presidente Jimmy Carter.

"Acho que boa parte da intensa demonstração de animosidade em relação ao presidente Barack Obama é baseada no fato de que ele é negro, é afro-americano", afirmou Carter, 84 anos, ao canal NBC.

"Eu morei no sul e vi o sul cruzar um longo caminho. Mas a tendência ao racismo ainda existe e acho que voltou à superfície por causa da crença de muitos brancos, não apenas no sul, mas como em todo o país, de que afro-americanos não são qualificados para liderar este grande país".

"É uma circunstância abominável, e me entriste e preocupa profundamente", acrescentou Carter.

As declarações de Carter foram feitas uma semana depois de um congressista republicano, Joe Wilson, ter chamado Obama de mentiroso em voz alta para protestar contra sua política relativa à reforma do sistema de saúde.

bur-mdl/cn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.