Jihadistas de rede iraquiana condenados na França

Um tribunal de Paris condenou nesta quarta-feira, a penas que variam de 18 meses a sete anos de prisão, sete membros de uma rede de recrutamento e envio de jihadistas ao Iraque que atuavam na capital francesa.

AFP |

O principal coordenador da rede, Farid Benyettou, um francês de 26 anos, foi condenado a seis anos.

Outro francês, Bubakeur El Hakim, também apontado como um dos principais integrantes da rede e que chegou a combater no Iraque, foi condenado a sete anos.

Mais cinco acusados foram condenados a penas de prisão por formação de quadrilha para a preparação de um ato de terrorismo, crime que pode ser punido com até 10 anos de prisão.

De acordo com a acusação, pelo menos 10 pessoas, estrangeiras ou franceses de origem magrebina, que viviam na zona norte de Paris, viajaram da França para combater o Exército americano no Iraque em 2004.

Três deles morreram, incluindo uma mulher que cometeu um atentado suicida, e outros foram feridos ou detidos no Iraque e Síria.

dom/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG