Jihad Islâmica lança de Gaza vários foguetes contra Israel

Gaza, 8 nov (EFE).- Milicianos da Jihad Islâmica na Faixa de Gaza dispararam hoje pelo menos dez foguetes contra o território israelense, informou a facção armada, em comunicado enviado à imprensa.

EFE |

Este é o quarto dia consecutivo no qual milícias palestinas disparam contra Israel, depois que na sexta-feira a mesma facção armada palestina assumiu o lançamento de vários projéteis.

Estes ataques ocorrem depois dos primeiros confrontos armados entre tropas israelenses e milícias palestinas na Faixa de Gaza, na terça-feira, após Israel realizar uma incursão terrestre para - segundo o Exército - derrubar um túnel que seria usado para o seqüestro de soldados.

Os confrontos representam uma violação da trégua estipulada entre Israel e as facções armadas em Gaza em 19 de junho, graças à mediação do Egito.

O braço armado da Jihad Islâmica, as Brigadas de Jerusalém, dizem, no comunicado, que dispararam hoje seis foguetes contra a localidade israelense de Sderot, a cerca de 2 quilômetros de Gaza, e outros quatro projéteis contra a cidade de Ashkelon, situada a 10 quilômetros ao norte deste território palestino.

O comunicado afirma que as salvas de foguetes foram feitas em "fases sucessivas".

Aparelhos da Força Aérea israelense responderam à agressão atacando quatro plataformas de lançamento de foguetes abandonadas no norte da Faixa de Gaza, segundo a Jihad Islâmica, fatos nos quais não houve feridos.

Os disparos de foguetes contra Israel ocorrem em resposta à morte de sete milicianos palestinos em ataques aéreos e operações terrestres israelenses em Gaza nos últimos dias.

Seis dos militantes pertenciam ao Hamas, que governa de fato a Faixa de Gaza, e o sétimo da Jihad.

Fontes do Hamas informaram hoje que houve enfrentamentos em Gaza entre milicianos palestinos e tropas israelenses, ponto que foi desmentido pelo Exército israelense.

Uma porta-voz militar israelense disse à Agência Efe que foram encontrados dois artefatos explosivos junto à cerca que circunda a Faixa de Gaza, que foram detonados de maneira controlada pelo Exército. EFE sar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG