Um menino peruano, nascido em Lima no dia de Natal, cuja mãe se chama Virgem Maria e o pai é carpinteiro, e já chamado de Jesus Emanuel, transformou-se em um verdadeiro fenômeno midiático, graças a essas coincidências.

Segundo a imprensa peruana deste sábado, o recém-nascido será batizado sob o rito católico na catedral de Lima, o que é raro, e seu padrinho será o popular prefeito de Lima, Luis Castañeda.

O menino, que nasceu de uma cesariana, receberá alta no domingo e será entregue aos pais, um casal de origem humilde: Virgem Maria Huarcaya Palomino, de 22 anos, e Adolfo Huamaní, um carpinteiro de 24 anos.

Os pais consideram um verdadeiro milagre o bebê ter nascido em 25 de dezembro, "no mesmo dia do filho de São José e da Virgem Maria".

O fato de ter nascido no mesmo dia que a tradição cristã atribui ao nascimento de Jesus de Nazaré fez com que seus pais o chamassem de Jesus Emanuel, apesar de o pai querer batizá-lo com o nome de Robin Van Persie, jogador holandês do Arsenal.

A televisão e a imprensa escrita peruana divulgaram imagens da criança na maternidade, inclusive um fax da carteira de identidade da mãe, para não haver dúvidas sobre seu verdadeiro nome.

A TV peruana destacou que se trata de "um nascimento de conotação bíblica", mas o jornalista César Hildebrandt considerou o fato "um insulto à fé cristã".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.