Jerusalém anuncia construção de mais casas em territórios ocupados

Jerusalém, 23 mar (EFE).- A Prefeitura de Jerusalém autorizou hoje a construção de mais 20 casas em Jerusalém Oriental, no mesmo dia em que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se reúnem na Casa Branca, informa a imprensa israelense.

EFE |

Segundo a versão digital do diário "Ha'aretz", os apartamentos para famílias israelenses serão levantados no polêmico solar do hotel Shepherd, situado no bairro de Sheikh Jarrah, e integram um projeto do milionário judeu americano Irving Moskovitz, vinculado com os ortodoxos radicais.

A autorização da Prefeitura ocorre enquanto Netanyahu tenta em Washington reconduzir as relações bilaterais, ressentidas pelo anúncio da construção de 1,6 mil casas em outro bairro de Jerusalém Oriental feito ao vice-presidente americano Joe Biden há duas semanas.

Embora Netanyahu tenha se distanciado da decisão de construir os assentamentos, durante sua estadia em Washington, reiterou que Israel se reserva ao direito de seu Governo decidir sobre a construção de novas casas na parte oriental de Jerusalém. EFE int/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG