Jenna Bush diz em entrevista que não decidiu em quem votará

Washington, 24 abr (EFE) - Se a família Bush pode ser considerada republicana até os ossos, Jenna, uma das gêmeas do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, parece ser a ovelha negra.

EFE |

Em entrevista ao programa "Larry King Live", da emissora "CNN", Jenna disse que ainda não decidiu se votará no candidato do Partido Republicano, John McCain, o qual é apoiado por seu pai para as eleições presidenciais de novembro.

Jenna, de 26 anos, e sua mãe, Laura Bush, compareceram no programa para falar do livro infantil que escreveram juntas, "Read All About It".

Em determinado momento, o apresentador, Larry King, se referiu às primárias em disputa entre os dois pré-candidatos democratas, Hillary Clinton e Barack Obama, e perguntou em qual dos dois elas votariam.

Laura Bush não pensou duas vezes e respondeu que seu "candidato é o republicano". "Imagino que o seu também", sugeriu King a Jenna.

A filha de Bush, que em 10 de maio se casará com o herdeiro de outra família de republicanos, Henry Hager, surpreendeu a todos e respondeu: "Não sei".

"Quero dizer, quem não está aberto a saber mais coisas dos candidatos, e tenho certeza de que todo o mundo acha o mesmo", acrescentou.

Suas declarações não a colocam exatamente à altura de Caroline, a filha do ex-presidente conservador Ronald Reagan e que foi alçada à fama por suas opiniões esquerdistas.

Mas talvez McCain esteja comemorando a declaração de Jenna. Isso porque, segundo as pesquisas, o presidente conta com os piores índices de popularidade dos últimos 70 anos, o que faz com que o apoio dos Bush possa ser contraproducente. EFE mv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG