Japoneses manifestam contra a chegada de um submarino nuclear dos EUA ao país

Manifestantes se reuniram nesta segunda-feira contra a escala de um submarino nuclear americano no porto de Sasebo, no sul do Japão, após o anúncio de uma contaminação radiativa de um navio idêntico em março no arquipélago.

AFP |

Dezenas de militantes pacifistas e de sobreviventes do bombardeio atômico contra Nagasaki, em 9 de agosto de 1945, se reuniram na cidade com cartazes que diziam "Os navios nucleares não são bem-vindos a Nagasaki".

Os manifestantes pediram às autoridades locais o fim das escalas dos submarinos no porto até que a segurança seja garantida, declarou Hiroshi Sakamoto, um militante pacifista.

O Pentágono revelou sexta-feira que o submarino nuclear poderia ter emitido um baixo nível de radiatividade durante sua missão, que incluiu uma escala em março no porto de Sasebo, na região de Nagasaki, e em Guam.

Segundo um responsável de Nagasaki, as autoridades japonesas realizaram uma inspeção, mas não constataram escape radiativo do submarino.

kh/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG