Japão tem cinco candidatos a primeiro-ministro

Cinco candidatos, um número recorde, apresentaram seus nomes oficialmente à disputa pelo cargo de primeiro-ministro do Japão, entre eles o favorito Taro Aso, que alega ser o mais capacitado para derrotar a oposição nas próximas legislativas.

AFP |

Os candidatos são Taro Aso, ex-ministro da Relações Exteriores; Kaoru Yosano, economista de 70 anos; Yuriko Koike, ex-apresentadora de televisão e única mulher a aspirar o cargo; Shigeru Ishiba, especialista militar; e Noboteru Ishihara, um político populista.

Os cinco também almejam a presidência do Partido Liberal Democrata (PLD, direita), o grande partido que governa o país há mais de cinco décadas.

Os integrantes do partido vão se pronunciar no dia 22 de setembro. O escolhido será nomeado premier pela Câmara dos Deputados, onde o PLD tem maioria.

O processo teve início depois da surpreendente renúncia do impopular primeiro-ministro Yasuo Fukuda, que tinha menos de um ano de mandato, em uma gestão caracterizada pelas obstruções no Senado, controlado pela oposição.

Aso, um nacionalista de 67 anos, considerado um "falcão" em temas de segurança e política externa, é pouco favorável a reformas econômicas liberais.

Leia mais sobre: Japão

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG