Toya Chiba, do jornal Iwate Tokai, fotografava o rio Owatari, em Kamaishi, no momento do tsunami pós-terremoto, em 11 de março

Sequência de fotos divulgada pela agência japonesa Kyodo mostra o repórter Toya Chiba, do jornal Iwate Tokai, em meio ao tsunami que seguiu o terremoto no dia 11 de março , na cidade de Kamaishi, no Japão. O jornalista, que tirava fotos do rio Owatari no momento do tsunami, foi arrastado cerca de 30 metros, mas sobreviveu.

Toya Chiba tirava fotos do rio Owatari no momento do tsunami
AP
Toya Chiba tirava fotos do rio Owatari no momento do tsunami

A cidade de Kamaishi, no nordeste do Japão, foi castigada pelo tsunami de 11 de março
AP
A cidade de Kamaishi, no nordeste do Japão, foi castigada pelo tsunami de 11 de março

O jornalista japonês foi arrastado por cerca de 30 metros, mas sobreviveu
AP
O jornalista japonês foi arrastado por cerca de 30 metros, mas sobreviveu

Terremoto de 11 de março foi o pior da história do Japão
AP
Terremoto de 11 de março foi o pior da história do Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.