Japão retira alerta de tsunami após tremor na costa leste

TÓQUIO (Reuters) - A Agência Meteorológica do Japão retirou um alerta de tsunami emitido para o nordeste do país neste sábado após um terremoto ter ocorrido na costa leste de Honshu. Não há relatos iniciais sobre danos causados pelo tremor. O maior tsunami medido tinha 20 centímetros e foi descoberto nas costas de Fukushima e Miyagi, informou a agência.

Reuters |

O Centro de Pesquisas Geológicas dos Estados Unidos informou que o tremor de 7.0 graus de magnitude ocorreu no Oceano Pacífico, 123 quilômetros a leste de Iwaki, em uma profundidade de 40 quilômetros.

Instalações de energia nuclear na região escaparam ilesas e continuaram operando em sua normalidade, disseram autoridades da Central Elétrica de Tóquio e da Central Elétrica de Tohoku .

O terremoto teve seu epicentro na mesma região do tremor de 14 de junho, que matou pelo menos dez pessoas e deixou a mesma quantidade de desaparecidos.

Os terremotos são comuns no Japão, uma das regiões mais sismicamente ativas do mundo. O país tem cerca de 20 por cento dos tremores mundiais com magnitude 6 ou mais.

(Reportagem de Yoko Kubota)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG