Tóquio, 1 mar (EFE).- A Agência Meteorológica do Japão rebaixou hoje para o nível mínimo o alerta de tsunami que estava ativo em algumas regiões do litoral oriental do país, onde advertiu do perigo de ondas de até meio metro.

Embora tivesse alertado da possibilidade de ondas de três metros, no final as maiores ondas que chegaram ao nordeste do Japão foram de 1,45 metro e não se informou de vítimas nem danos, segundo a agência local de notícias "Kyodo".

A Agência Meteorológica tinha ativado ontem o alerta de "grande tsunami" perante a possibilidade de que ondas de três ou mais metros chegassem a três províncias da ilha de Hontsu (a principal do Japão e onde fica Tóquio), onde foi ordenada a evacuação de 320 mil pessoas.

O alerta de tsunami foi ativado no Japão após o terremoto de 8,8 graus na escala Richter que sacudiu o Chile neste sábado e que deixou pelo menos 708 mortos, 300 desaparecidos, e dois milhões de desabrigados. EFE mic/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.