Japão protesta contra teste nuclear da Coreia do Norte

Tóquio, 25 mai (EFE).- O Japão apresentará um protesto formal contra a Coreia do Norte, através de sua Embaixada em Pequim, por realizar um segundo teste nuclear, segundo fontes oficiais japonesas citadas hoje pela agência local Kyodo.

EFE |

O Governo japonês pediu também à Rússia que convoque uma reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU, que se reunirá hoje mesmo em Nova York, segundo anunciou o ministro russo de Exteriores, Serguei Lavrov.

A Rússia desempenha a Presidência rotativa desse organismo e é por isso o país encarregado de convocar essa reunião.

"O teste nuclear representa uma clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU e é absolutamente inaceitável", disse o ministro porta-voz japonês, Takeo Kawamura.

Além disso, o Governo japonês informou que apresentará um protesto contra a Coreia do Norte através de canais diplomáticos na capital chinesa, como já fez quando o regime comunista lançou no dia 5 de abril um foguete de longo alcance.

O Governo japonês entrou em contato com representantes dos Estados Unidos e da Coreia do Sul para tentar pactuar o texto de uma nova resolução de condenação à Coreia do Norte, segundo a agência "Kyodo". EFE psh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG