Japão prolonga por outros 12 meses sanções a Pyongyang

Tóquio, 13 abr (EFE).- As sanções do Japão à Coreia do Norte, que expiravam hoje, serão estendidos por outros 12 meses diante da falta de avanços em suas relações com o regime comunista de Pyongyang.

EFE |

Na semana passada, o primeiro-ministro japonês, Yukio Hatoyama, anunciou que prorrogaria as sanções, ao considerar que não há "razão para levantá-las", pois o regime de Kim Jong-il ainda não retomou o diálogo de seis lados.

Além disso, o Governo japonês apontou que não houve progressos com a Coreia do Norte sobre a questão relacionada aos cidadãos japoneses sequestrados por agentes norte-coreanos nas décadas de 1970 e 1980.

As sanções japonesas à Coreia incluem a proibição de importações norte-coreanas e o veto aos navios desse país de atracar em portos do arquipélago japonês.

Japão aprovou as sanções em outubro de 2006, após o primeiro teste nuclear do regime norte-coreano, e desde então as tem prorrogada a cada seis meses.

Em abril de 2009, a renovação foi por um ano, após o lançamento norte-coreano de um foguete que sobrevoou território japonês. EFE jmr-mic/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG