Japão pede ao Irã uma resolução pacífica dos protestos

Tóquio, 22 jun (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, pediu hoje ao Irã uma resolução pacífica dos protestos em Teerã e assegurou que o Japão está muito preocupado com a situação, informou a agência local Kyodo.

EFE |

"Uma situação que causa vítimas deve ser evitada, por isso pedimos firmemente uma resolução pacífica", disse Nakasone em entrevista coletiva.

O ministro japonês também lembrou que "as diferenças de opinião e argumentos devem ser respeitadas", depois que este fim de semana 19 pessoas perderam a vida nos choques de rua entre os partidários do líder opositor Mir Hossein Moussavi e as forças de Segurança iranianos.

Nakasone pediu ao Irã que maneje a situação da maneira mais aberta possível, já que a comunidade internacional está preocupada com as consequências das eleições iranianas do dia 12 de junho, segundo a "Kyodo".

O ministro de Assuntos Exteriores japonês mostrou também sua preocupação pela detenção e expulsão de jornalistas durante os protestos em Teerã. EFE jmr/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG