Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Japão mobilizará 40 mil policiais para proteger a cúpula do G8

Tóquio, 2 jul (EFE).- O Governo japonês mobilizará cerca de 20 mil policiais ao redor da sede da cúpula do Grupo dos Oito (G8, os sete países mais desenvolvidos e a Rússia) na ilha de Hokkaido e o mesmo número em Tóquio durante a reunião, para prevenir manifestações violentas e imprevistos, informou hoje a agência Kyodo.

EFE |

As Forças de Autodefesa (Exército japonês) também participarão do cordão de segurança para impedir ataques terroristas e estão preparadas para hipotéticos incidentes, como o seqüestro de um avião.

Em Hokkaido, no norte do Japão, a Polícia será mobilizada nos arredores da sede da cúpula, enquanto, em Tóquio, o cordão de segurança se concentrará em áreas de entretenimento e nas estações.

A Agência Nacional de Polícia disse que a mobilização contrasta com a última edição da cúpula do G8 organizada pelo Japão, que aconteceu na ilha de Okinawa, no sul do país.

Naquela ocasião, o Japão mobilizou 20.000 policiais, mas não houve nenhuma mobilização especial em Tóquio.

No entanto, o ataque ocorrido em Londres coincidindo com a realização da cúpula do G8 no Reino Unido precipitou o aumento do nível de segurança em Tóquio ao máximo, por ocasião da cúpula do G8 em Hokkaido.

A Polícia também vigiará Sapporo, a capital de Hokkaido, onde ficarão hospedados os líderes da China e da Coréia do Sul.

Além disso, a Marinha japonesa enviou às águas de Hokkaido vários destróieres e as Forças de Autodefesas prepararam 20 helicópteros para transportar os participantes da cúpula a partir do aeroporto de Sapporo. EFE fab/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG