Japão melhora avaliação econômica pela 1ª vez em 8 meses

Tóquio, 15 mar (EFE).- O Governo japonês, animado com a recuperação das exportações, do consumo das famílias e do lucro das empresas, melhorou hoje, pela primeira vez em oito meses, a avaliação que faz sobre a situação econômica do país.

EFE |

Em seu relatório econômico de março, as autoridades japonesas disseram que "a economia está melhorando de forma constante". Porém, admitiram que a deflação, assim como o elevado desemprego, continua sendo um risco para a recuperação econômica.

Segundo a agência local "Kyodo", é a primeira vez desde julho de 2009 que o Executivo japonês faz uma avaliação positiva da economia em cinco principais áreas.

O relatório de fevereiro também falava de uma melhora na economia, mas não incluía o adjetivo "constante", que remete a uma revisão para cima da avaliação feita pelo Governo.

Também hoje, o ministro das Finanças do país, Naoto Kan, disse que a recuperação da economia japonesa não é certa. No entanto, ele admitiu que a avaliação a este respeito melhorou em relação a meses anteriores.

No relatório, o gabinete de Governo prevê melhoras em cinco áreas: lucratividade das empresas, investimentos em bens de capital, construção de casas novas, emprego e consumo privado.

O documento indica que as exportações japonesas e a produção nacional continuam avançando, ao passo que o emprego demonstra sinais de uma "recuperação incipiente", embora possa "voltar a se deteriorar".

Para que a economia volte aos trilhos, o Governo japonês também pede ao Banco (central) do Japão que coopere evitando uma queda maior dos preços.

Em 2009, os preços no Japão caíram 1,3%. Por causa disso, o Executivo japonês está pressionando o Banco do Japão para que tome medidas mais firmes para conter a deflação. EFE psh/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG