O Japão se tornará um dos principais países a financiar o novo fundo do Banco Mundial, investindo 2 bilhões de dólares para ajudar a capitalizar os pequenos mercados emergentes, informou nesta sexta-feira o Bird.

O anúncio foi realizado após uma reunião entre o ministro japonês das Finanças, Shoichi Nakagawa, e o presidente do Bird, Robert Zoellick.

"O investimento do Japão é um sinal da estreita associação entre Tóquio e o Grupo Banco Mundial. A contribuição se fará através do Banco Japonês para a Cooperação Internacional (JBIC) e marcará o lançamento do fundo", destacaram Bird e Japão em uma declaração conjunta.

vs/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.