Tóquio, 3 jun (EFE).- O Governo japonês, com o primeiro-ministro Taro Aso à frente, iniciou a campanha para abrir mão do terno e da gravata e usar camisas tropicais, para contribuir na luta contra a mudança climática.

O Gabinete ministerial se reuniu ontem vestindo camisas leves originárias da região tropical japonesa de Okinawa, para promover a campanha de economia de energia criada há quatro anos com o objetivo de evitar o uso excessivo do ar condicionado, informa hoje o diário "Japan Times".

Aso inaugurou a campanha conhecida como "cool-biz" vestindo uma camisa kariyushi, típica de Okinawa, um presente que recebeu na semana passada do governador dessa região japonesa.

A campanha "cool-biz" vai de junho a setembro, e nela se pede para não usar os típicos terno e gravata.

As autoridades japonesas esperam que a iniciativa se estenda às empresas privadas. EFE jmr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.