Japão habilitará áreas isoladas para casos da gripe suína

Tóquio, 30 abr (EFE).- O Governo japonês informou hoje que vai habilitar áreas para tratar e isolar pessoas infectadas ou suspeitas de ter contraído gripe suína, pouco depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) aumentar o alerta de pandemia para a fase 5.

EFE |

O Japão, que ainda não reportou qualquer caso suspeito de gripe suína, vai adotar esta medida para conter a expansão do vírus caso chegue a território japonês, além de se preparar para um possível foco, informou o Ministério da Saúde.

O estabelecimento de clínicas ou pavilhões para os casos da gripe suína tem como objetivo frear os contágios em hospitais e acontecerá com a seleção e adaptação de instalações sanitárias em todo o país para se preparar a um eventual foco.

O primeiro-ministro, Taro Aso, disse que a situação é extremamente séria, e pediu a seu gabinete que coloque toda a capacidade do Estado para evitar que a doença chegue ao Japão.

As autoridades japonesas também esperam obter uma cepa do vírus da gripe suína para trabalhar no desenvolvimento de uma vacina e tratamentos antivirais, informou a agência local "Kyodo". EFE jmr/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG