Japão e EUA acordam se unir sobre questão nuclear norte-coreana

Tóquio - O ministro de Assuntos Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, acordou hoje com a nova secretária de Estado americana , Hillary Clinton, cooperar para solucionar o problema nuclear norte-coreano e a crise econômica global.

EFE |

Segundo a Chancelaria japonesa, os dois políticos mantiveram nesta sexta sua primeira conversa telefônica desde que Hillary tomou assumiu o cargo. No telefonema, ambos discutiram também a situação no Paquistão e no Afeganistão.

Os chanceleres acordaram fortalecer a aliança de segurança entre Japão e EUA e concordaram sobre a necessidade de estabelecer o mais rápido possível a reorganização das tropas americanas no Japão.

Após a Segunda Guerra Mundial, os EUA estabeleceram bases militares no Japão que tem papel-chave em sua estratégia de segurança na região Ásia-Pacífico.

Durante a conversa de 15 minutos, Hillary se referiu ao Japão como fundamental para a política externa dos EUA na Ásia.

Fora isso, Hillary assegurou a Nakasone que o Governo Barack Obama trabalhará para solucionar as questões relativas aos sequestros de japoneses nas décadas de 1970 e 1980 por parte da espionagem norte-coreana.

Leia mais sobre: programa nuclear

    Leia tudo sobre: coréia do norte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG