Tóquio, 7 mai (EFE).- O primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, e o presidente da China, Hu Jintao, se comprometeram hoje a transformar seus países, que têm um passado complicado, em parceiros que cooperam e não em uma ameaça mútua.

Ao término de um encontro realizado em Tóquio, durante a primeira visita ao Japão de um líder chinês em 10 anos, os dois governantes afirmaram que pretendem solucionar o mais rápido possível sua disputa pela exploração de gás no Mar da China Oriental, mas não estipularam um prazo para isso. EFE psh/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.