impossível transferência de base dos EUA - Mundo - iG" /

Japão diz ser impossível transferência de base dos EUA

TÓQUIO - O primeiro-ministro japonês, Yukio Hatoyama, descartou a mudança total das operações dos Estados Unidos na base aérea de Futenma (Okinawa) à ilha americana de Guam, informa neste domingo o diário Yomiuri.

EFE |

"Talvez tenha havido um tempo no qual poderíamos considerar a transferência das funções da base aérea de Futenma para Guam. No entanto, pensando de maneira realista, seria impossível de um ponto de vista dissuasório movimentar todas as funções a Guam", assegurou Hatoyama em um programa de rádio gravado neste sábado.

As declarações do primeiro-ministro afastam a possibilidade de o Governo japonês pedir aos Estados Unidos que aceitem um novo acordo para redefinir a base de Futenma, assunto que gera desacordos na coalizão governamental.

Yukio Hatoyama assumiu como primeiro-ministro em setembro passado com a promessa de emendar um acordo sobre as bases militares assinado com os EUA em 2006.

Nesse pacto, assinado pelo Governo do agora opositor Partido Liberal-Democrata, o Japão se comprometia a transferir antes de 2014 a base aérea de Futemma, situada em uma zona residencial do centro de Okinawa (sul), a outro lugar do mesmo arquipélago com menor densidade de população.

Além disso, o acordo contemplava a mudança de oito mil soldados americanos a Guam, fora do território japonês. A este respeito, Hatoyama disse que "seria muito difícil conseguir o reposicionamento desses oito mil soldados".

Os Estados Unidos mantêm no Japão cerca de 50 mil militares, a maioria no arquipélago de Okinawa.

Leia mais sobre: base aérea

    Leia tudo sobre: euajapão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG