inadequado abolir a pena de morte - Mundo - iG" /

Japão diz que é inadequado abolir a pena de morte

Tóquio - O governo japonês disse hoje que é inadequado abolir a pena de morte, depois de o Comitê de Direitos Humanos da ONU criticar o aumento das execuções no país asiático.

EFE |

"Não é apropriado acabar com a pena capital", disse em entrevista coletiva o ministro da Justiça japonês, Eisuke Mori.

No final de outubro, o Comitê de Direitos Humanos da ONU expressou sua preocupação com o aumento das execuções no Japão, e com o fato de o número de crimes punidos com essa pena não ter diminuído.

Os analistas independentes que participaram do comitê alegaram que é necessária a educação para que a população japonesa, em sua maioria a favor da pena capital, considere desejável sua abolição.

Somente em 2008 15 presos foram executados no Japão, o maior número desde 1993, quando o país retomou a aplicação da pena capital.

Desde março de 1993 foram executadas 75 pessoas no Japão.

    Leia tudo sobre: pena de morte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG