Japão desmantela rede de venda de pornografia infantil na internet

A polícia de Tóquio anunciou nesta segunda-feira a prisão de sete pessoas e o desmantelamento de uma rede que vendeu, desde julho de 2007, 300.000 DVDs de pornografia infantil na internet.

AFP |

Os detidos, com idades entre 36 e 61 anos, foram presos no dia 26 de novembro.

O grupo havia montado uma autêntica "fábrica" de cinema pornográfico infantil com 26 computadores e 19 gravadores de DVD.

A polícia calcula que os 300.000 DVDs vendidos teriam rendido ao grupo 1.227.000 dólares.

O homem apontado como o cérebro do grupo, Jun Amaya, pagava aos outros seis um salário mensal de 2.800 dólares.

No Japão, a posse em caráter individual de fotos pornográficas infantis não é punida pela lei.

Os Estados Unidos e outros países apontam o Japão como um dos principais produtores da indústria pornográfica infantil e acusam o país de não combater o problema com rigor.

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG